Follow by Email/SIGA POR E-MAIL

sábado, 6 de outubro de 2007

MEU PRIMO SACANA E GOSTOSO-PARTE 04 (FAZENDO SEXO E AMOR COM O MEU PRIMO)

MEU PRIMO SACANA-PARTE 04 (FAZENDO AMOR COM MEU PRIMO)

*CAROS LEITORES, SEGUE A CONTINUAÇÃO DO CONTO. ESPERO QUE LEIAM, DELEITEM-SE E GOZEM. POR FAVOR, COMENTEM TAMBÉM. ALGUMAS PALAVRAS E FRASES ESCREVI “ERRADO” DE PROPÓSITO, TENTANDO ME APROXIMAR DA FALA USUAL.OS ERROS DE PORTUGUÊS SE DEVEM À PRESSA DE POSTAR O CONTO.DEPOIS POSSO CORRIGI-LOS. BOA LEITURA.

TIVE UMA ÓTIMA NOITE DE DESCANSO. DORMI TANTO QUE ESTAVA COM OS OLHOS INCHADOS.SÓ ACORDEI QUANDO MEU PRIMO ME CHAMOU, BALANÇANDO MEU CORPO E ME CHAMANDO:
-PRIMO, ACORDA, JÁ É DEZ HORAS DO DIA.
ASSUSTEI E DEI UMA OLHADA PRA ELE.
-BOM DIA, FALEI COM A VOZ MEIO ROUCA.
-BOM DIA, ELE RESPONDEU. DESCULPA,MAS TE CHAMEI PORQUE VI QUE VOCÊ NÃO ACORDAVA E DEITAMOS ONTEM DE TARDE.DURMIMOS PRA CARAMBA.
-TUDO BEM, OBRIGADO. RESPONDI.
-ESTÁ CHUVENDO. DISSE MEU PRIMO.
-AH, É? RESPONDI ENQUANTO ARRUMAVA A CAMA EM QUE DORMI.
-TAMBÉM FEZ MUITO CALOR ONTEM. DISSE EU.
-FEZ MESMO, RESPONDEU MEU PRIMO.
FUI LAVAR MEU ROSTO E MEU PRIMO SE DIRIGIU PARA A COZINHA.
-VEM TOMAR CAFÉ-CHAMOU O PRIMO.
-CADÊ SEU PAI E SUA MÃE?PERGUNTEI PRA ELE.
-FORAM PRA CIDADE. ELE RESPONDEU.
-QUE HORAS ELES CHEGAM?PERGUNTEI.
-SÓ DE NOITINHA, ELE RESPONDEU.
-DEPOIS QUE TERMINAR DE TOMAR CAFÉ, CÊ VEM AQUI NO QUARTO PRIMO. DISSE ELE.
-TUDO BEM,RESPONDI.
PARECE QUE TÍNHAMOS ESQUECIDO DE TUDO QUE ACONTECEU NO DIA ANTERIOR. FIQUEI COM UM POUCO DE RAIVA DO MEU PRIMO,MAS NO FUNDO EU ADOREI AQUELA COMIDA DE RABO QUE ELE ME DEU.FUI ATÉ O QUARTO DELE.ENTREI,SENTEI NA CAMA QUE DORMI ENQUANTO ELE ESTAVA DEITADO DE BRUÇOS NA CAMA DELE,PARALELA COM AQUELA EM QUE EU ESTAVA.ENQUANTO FOLHEAVA UMA REVISTA ELE ME FALOU:
-CHEGA AQUI.
ME APROXIMEI DA SUA CAMA. ELE DISSE:
-PODE SENTAR AÍ. OU DEITAR AQUI DO MEU LADO.
-DEITEI DO LADO DELE, POIS ELE JÁ ESTAVA DEITADO E ALIÁS, ESTAVA ME SENTINDO MAIS A VONTADE COM MEU PRIMO. QUANDO EU DEITEI DE BRUÇOS, DO SEU LADO, ELE, QUE TAMBÉM ESTAVA NESTA POSIÇÃO, ME MOSTROU A REVISTA QUE OLHAVA:
-TÁ VENDO?PERGUNTOU.
-SIM, RESPONDI.
ERA UMA REVISTA DE PORNOGRAFIA. E GAY.AQUILO ME DEIXOU DE PAU DURO IMEDIATAMENTE.O DELE PARECIA QUE JÁ ESTAVA HÁ MUITO.
-E AÍ, GOSTOU?ELE PERGUNTOU DE UM JEITO SAFADO E RINDO.
EU, SEM JEITO, RESPONDI:
-VOCÊ GOSTA ?EU NEM OLHAVA PRA ELE.
-VAI DIZER QUE CÊ NUM GOSTA TAMBÉM?ELE RESPONDEU.
APENAS DEI UM SORRISO SEM GRAÇA E NÃO RESPONDI. MAS ELE NÃO INSISTIU.
E FOI FOLHEANDO A REVISTA ATÉ QUE PAROU NUMA PÁGINA EM QUE UM MACHO ENRABAVA O OUTRO. PRA QUEBRAR O GELO EU PERGUNTEI:
-ONDE VOCÊ COMPROU ESTA REVISTA?
-NA CIDADE, ELE RESPONDEU SERENAMENTE.
-E VOCÊ NÃO QUERIA FAZER IGUAL ESSES CARAS?PERGUNTOU MEU PRIMO.
-COMO ASSIM?RESPONDI SEM JEITO,PERCEBENDO A MALÍCIA DELE.
-FAZER IGUAL ESSES CARAS DA REVISTA TÃO FAZENDO AQUI. RESPONDEU ME OLHANDO FIXAMENTE.E SERIAMENTE.
-AQUILO ME DEU UM ARREPIO, MAS EU RESPONDI:
-JÁ FIZ ISSO ONTEM COM VOCÊ.
-MAS PODE FAZER DE NOVO, CÊ NÃO QUER?DISSE MEU PRIMO.
-NÃO SEI. RESPONDI.
-MAS CÊ ACHOU BOM O DE ONTEM, ?
-É... ACHEI.RESPONDI DESCONCERTADO.
ELE COMEÇOU A RIR. AQUILO ME DEU RAIVA,MAS LOGO ME ACALMEI.
-ENTÃO É ISSO QUE VOCÊ QUER SEU VIADO. DISSE ELE ME AGARRANDO COM SEUS MÃOZÃOS QUENTES E ME BEIJANDO.
EU RESISTI NO COMEÇO, MAS DEPOIS CORRESPONDI AO BEIJO. E QUE BEIJO. ME ENTREGUEI DE CORPO E ALMA PRA ELE.SENTI AQUELA BOCA QUENTE,MACIA,AQUELA LÍNGUA DELE NA MINHA,AQUELA SALIVA ADOCICADA,ERA DEMAIS.ESFREGAVA MEU NARIZ NO DELE,DE OLHOS FECHADOS,E VOLTAVA A BEIJÁ-LO.FOI DE PERDER O FÔLEGO. O PIOR FOI TER QUE ENCARÁ-LO DEPOIS.ELE ERA SAFADO DEMAIS.TINHA UM OLHAR PENETRANTE.MAS EU TAMBÉM NÃO ME DESVIEI DELE.ESTAVÁMOS DEITADOS,LADO A LADO, E ELE COMEÇOU A ME FAZER CARINHO,COM A RESPIRAÇÃO OFEGANTE.AQUELAS MÃOS GRANDES E QUENTES ME DEIXARAM LOUCO.ELE PASSAVA AS MÃOS NAS MINHAS ORELHAS,NO MEU PESCOÇO,NOS MEUS PEITOS E EU ME DELICIAVA EM SER EXPLORADO POR AQUELAS MÃOS GROSSAS DEVIDO AO TRABALHO BRAÇAL DO CAMPO.MÃOS GROSSAS,ÁSPERAS,MAS QUE SABIAM TANTO TRABALHAR QUANTO FAZER CARINHO DE MACHO.
-SABE PRIMO, EU TE COMI ONTEM, SEM CAMISINHA, MAS FOI SÓ COM VOCÊ. QUANDO EU TRANSO LÁ FORA SEMPRE USO. EU FALEI AQUILO PRA TE PROVOCAR.MAS PODE CONFIAR EM MIM.SE QUISER EU COLOCO.ELE DISSE TUDO ISSO SEM OLHAR PARA MIM,ENQUANTO ME ALISAVA.FIQUEI SEM PALAVRAS NAQUELA HORA.MESMO COM TODA SACANAGEM ELE TINHA UM CERTO PUDOR,UM CERTO RECEIO EM FALAR CERTAS COISAS.
-TÁ BOM,RESPONDI SEM OLHAR PRA ELE.
MAS ELE JÁ FOI TOMANDO CONTA DA SITUAÇÃO E ME FALOU:
-HOJE PODEMOS FICAR A VONTADE. NÃO TEM NINGUÉM EM CASA.
EU PERMANECI EM SILÊNCIO.
-MEU PAU TÁ DURO. DISSE ELE.
EU APENAS DEI UM SORRISO SEM GRAÇA.
-O SEU TAMBÉM TÁ, ?ELE PERGUNTOU.
-SIM. RESPONDI.
-ENTÃO VAMOS TIRAR A ROUPA.
NEM RESPONDI, MAS FUI OBEDECENDO QUANDO VI QUE ELE JÁ TIRAVA A SUA CAMISETA. TIROU A CAMISETA BRANCA,QUE FICAVA BEM DEFINIDA NELE,SEM SER APERTADA,MOSTRANDO SEU TÓRAX LARGO,TIROU A BERMUDA QUE MAIS PARECIA UM SHORT, A DENUNCIAR O SEU VOLUME QUE HAVIA ENTRE AS COXAS DELE, E FICOU SÓ DE CUECA.QUE CORPÃO QUE ELE TEM.MORENO,COR DE BOMBOM DE CHOCOLATE MARROM,QUEIMADO PELO SOL,ALGUNS PELOS ALOIRADOS MESMO SENDO MORENO.TÓRAX LARGO,MUSCULOSO PELO TRABALHO DURO DA ROÇA,FORTE QUE NEM UM LEÃO.AQUELES BÍCEPS BEM DEFINIDOS NA SUA MUSCULATURA.AQUELAS COXAS GROSSAS E PELUDAS,MAS SEM EXAGEROS.AQUELES BRAÇÕES UM POUCO PELUDOS.OS PEITOS DELE TAMBÉM NÃO TINHAM MUITOS PELOS,MAS OS POUCOS QUE TINHAM ERAM ESCUROS E NO MEIO DESTES ALGUNS LOIROS QUE QUASE NÃO SE PERCEBIAM SE EU NÃO OLHASSE BEM DE PERTO.OS MAMILOS ENORMES,DAVA VONTADE DE MORDER.OS PÉS TAMBÉM ENORMES,CHEIOS,COM AS VEIAS A SALTAR,PÉ DE MACHO MESMO,GRANDES E LARGOS,DEDOS GROSSOS.AS MÃOS TAMBÉM GRANDES,OS DEDOS GROSSOS E COMPRIDOS,PÉS E MÃOS SEMPRE QUENTES,PARECIAM PEGAR FOGO,ELE CONCENTRAVA MUITA ENERGIA.ELE JÁ ERA UM HOMEM FORMADO.JÁ POSSUÍA TUDO DE UM HOMEM:O CORPO,A CABEÇA,A VOZ,TUDO.NÃO ERA MAIS AQUELE PRIMINHO DE OUTRORA QUE EU VI NAS FRALDAS.EU NÃO ACREDITAVA QUE TINHA TUDO AQUILO NA MINHA FRENTE.ERA UM DEUS DO SEXO.UMA BELEZA BRUTA.DEPOIS TIROU A CUECA VERMELHA E ME DEU.
-TOMA, EU SEI QUE VOCÊ GOSTA DISSO.ME PROVOCOU.
-PEGUEI COM AS MÃOS TRÊMULAS, ENQUANTO VIA O PAU DELE, DURO, ENORME, GROSSO,COM AS VEIAS A SALTAR.O SACO ENORME,POUCOS PELOS,UM POUCO ROXO,PORÉM MAIS VERMELHO DO QUE ROXO,BEM DEFINIDO NA SUA FORMA,TALVEZ PELA SUA EXCITAÇÃO.A CABEÇA DO PAU ESTAVA VERMELHA,QUASE ROXA,E LATEJAVA COM VONTADE DE COMER.MEU PRIMO ESTAVA TARADO.
TAMBÉM TIREI MINHA ROUPA E FIQUEI PELADO,DESCONFIADO SEMPRE,UM POUCO ENVERGONHADO.
FICAMOS DEITADOS, LADO A LADO, DE FRENTE UM PARA O OUTRO, NOS ACARICIANDO.
-DESCULPE SE FUI VIOLENTO COM VOCÊ ONTEM PRIMO, MAS EU TAVA DOIDO PRA COMER O SEU RABO.
-SEI. RESPONDI OLHANDO SEM GRAÇA PRA ELE.
-MAS HOJE EU PROMETO QUE VOU MAIS DEVAGAR COM VOCÊ. CONTINUOU MEU PRIMO.
-DEPOIS QUE ESTOU TODO ARROMBADO?RESPONDI.
ELE DEU UM SORRISO E ME PEDIU DESCULPAS:
-DESCULPA, MAS VOCÊ GOSTOU ?
-GOSTEI. RESPONDI SEM OLHAR NOS OLHOS DELE.
-ENTÃO ME PERDOA, EU NÃO FIZ POR MAL.
-TÁ BOM. RESPONDI SEM ENCARÁ-LO.
-DAQUI A POUCO ELE JÁ ESTAVA ME BEIJANDO NOVAMENTE. E EU CORRESPONDI SEM RESITIR. ESTAVA PASSANDO A GOSTAR DAQUILO SEM ME OPÔR DE QUALQUER JEITO. SÓ TINHA EU,MEU PRIMO E O MUNDO LÁ FORA.O QUE NOS IMPORTAVA?NADA. ESTAVAMOS ALI FAZENDO SEXO E FAZENDO AMOR E ISTO NÃO ERA DA CONTA DE NINGUÉM. NÃO ESTAVAVÁMOS FAZENDO NADA ERRADO.ME ENTREGUEI DE CORPO,ALMA E CORAÇÃO.
COM A RESPIRAÇÃO OFEGANTE, NAQUELE QUARTO DO MEU PRIMO, EM QUE ENTRAVA UMA LUZ OPACA PELA FRESTA DA JANELA, DEVIDO AO TEMPO NUBLADO,ELE NÃO QUIS ACENDER A LÂMPADA.DAVA PARA NOS ENXERGARMOS PERFEITAMENTE NA PENUMBRA DO QUARTO.
EU E PRIMO NOS ACARICIAVÁMOS. MAS ERAM CARÍCIAS DE MACHO,QUE SÓ UM MACHO SABE FAZER NO OUTRO.NAQUELE QUARTO EXALAVA NOSSO CHEIRO.O SUOR DO MEU PRIMO MISTURADO AO MEU.O CHEIRO DE DOIS MACHOS,DAS CUECAS,DO SUOR,DO HÁLITO DE CADA UM,TUDO ISSO MISTURADO AO LEVE PERFUME QUE MEU PRIMO USAVA.
NOS BEIJAMOS. EU CHUPAVA OS MAMILOS DELE ENQUANTO ELE SE RETORCIA E GEMIA DE PRAZER. EU CHEIRAVA O CORPO DELE, PASSAVA O NARIZ, A LÍNGUA,SENTIA O LEVE GOSTO SALGADO DA PELE DELE. EU ESTAVA NO PARAÍSO. O PAU DELE SEMPRE DURO, EU VIA A HORA DELE GOZAR E EJACULAR,MAS NÃO ACONTECEU IMEDIATAMENTE. ELE SABIA SEGURAR ATÉ NÃO AGUENTAR MAIS.FUI LAMBENDO ATÉ CHEGAR NO SACO DELE.LAMBI A TROUXA DELE ATÉ CANSAR MINHA BOCA.EU COLOCAVA NA BOCA UM POR UM E CHUPAVA.QUE DELICIA.ELE SÓ GEMIA ALTO E NÃO SEI COMO NÃO GOZOU ALI.DEI UMAS BOAS MAMADAS NO PICOLÉ DELE,CHUPAVA,SUGAVA,MAS ERA UM PICOLÉ QUE NUNCA DERRETIA.E NEM DAVA PRA COLOCAR TUDO NA BOCA,EU IA ME ENGASGAR SE O FIZESSE.CLARO QUE SE ELE MANDASSE EU TERIA QUE OBEDECER.EU ERA UM BONECO NAS MÃOS DELE.MAS OBEDECIA COM MUITO PRAZER.SOFRIA MAS GOZAVA.DEPOIS EU PASSAVA OS DEDOS NAS VEIAS SALIENTES DAQUELA ANACONDA DELE.E REALMENTE ELE TEM UMA PICA EXAGERADA,TINHA ATÉ UMA DOBRA OU MARCA NO MEIO,ACREDITO QUE POR CAUSA DA PELE SER EXTENSA E POR ELE NÃO SER CIRCUNCIDADO. DEPOIS EU PEDI PRA ELE FICAR DE COSTAS. ELE VIROU E EU DEITEI NAS COSTAS DELE.PASSAVA AS MÃOS NAQUELAS COSTAS LISAS,LAMBIA,CHEIRAVA.ELE TINHA UM CHEIRO MUITO,MAS MUITO GOSTOSO,ESTONTEANTE,É SEM DESCRIÇÃO.EU MORDIA A ORELHA E O PESCOÇO DELE,QUE FICARAM VERMELHOS,LAMBIA AS COSTAS DELE,ELE MURMURAVA DE PRAZER E GEMIA CADA VEZ MAIS ALTO.EU CHAMAVA ELE DE GOSTOSO.AGORA ERA EU QUE QUERIA GOZAR.E GOZEI.EJACULEI TUDO NAS PERNAS POUCO PELUDAS DELE.ELE TAMBÉM GOZOU NO LENÇOL.ESTAVÁMOS SEM FÔLEGO.EU GEMIA.E ENTRE UM GEMIDO E OUTRO CHAMAVA ELE DE GOSTOSO.
FIQUEI UM TEMPO DEITADO NAS COSTAS DELE, PARADO.O PAU DELE CONTINUAVA DURO.O MEU JÁ TINHA REPOUSADO MAS QUERIA SE LEVANTAR NOVAMENTE. DEPOIS DE UM BOM TEMPO ELE TOMOU A INICIATIVA E ME TIROU COM CUIDADO DAS COSTAS DELE.ME PÔS DE LADO,NAQUELA CAMA APERTADA.LEVANTOU-SE E ME ORDENOU QUE FICASSE DE BRUÇOS,DE COSTAS PRA ELE.
-AGORA VOU TE COMER. JÁ NÃO AGUENTO MAIS.
NÃO FALEI NADA, SÓ OBEDECI.
O PAU DELE, DURO QUE NEM UMA PEDRA, ESTICADO AO MÁXIMO, ESTAVA BABANDO PELO MEU . ELE FOI ME PENETRANDO AOS POUCOS,SEM PRESERVATIVO,ENQUANTO EU GEMIA,QUASE CHORANDO.ELE ME SEGUROU PELA CINTURA QUANDO TENTEI CORRER.
-CALMA, ESQUECI DE CUSPIR. DISSE MEU PRIMO,COM A RESPIRAÇÃO OFEGANTE.
ABRIU MEU COM AS MÃOS E CUSPIU BASTANTE. LAMBUZOU,ENFIOU O DEDO.CUSPIU NA SUA MÃO E PASSOU NO SEU VARÃO TAMBÉM.
-AGORA RELAXA. DISSE NOVAMENTE.
-TÁ BOM, MAS VAI DEVAGAR. PEDI PRA ELE.
-TÁ BOM, MAS NÃO SEI SE VOU CONSEGUIR. DISSE ELE PACIENTEMENTE.
MAS ELE FOI MAIS DEVAGAR QUE DA OUTRA VEZ. ENFIOU A CABEÇA ENORME.EU SÓ GEMIA.DEPOIS ELE METEU TUDO.NESSA HORA EU VI ESTRELAS.SAIU LÁGRIMAS DOS MEUS OLHOS.SENTI VONTADE XINGÁ-LO.MAS AGUENTEI.
-NÃO VAI CAGAR NÃO!ELE ORDENOU.SE CAGAR APANHA.ELE AMEAÇOU.EU QUASE CAGUEI MESMO,MAS NÃO QUERIA AQUILO TAMBÉM.ME SEGUREI AO MÁXIMO.
-HUNF,AI,AI!EU GEMIA SEM PARAR.
FOI UMA MISTURA DE DOR E PRAZER. EU COM O MAIOR TESÃO POR ELE,DISSE:
-ME COME GOSTOSO, AI!
EU SENTIA O LENÇOL MOLHADO DO ESPERMA DELE,POIS EU ESTAVA NO MESMO LUGAR QUE ELE GOZOU,SÓ MUDAMOS DE POSIÇÃO.AGORA ELE ESTAVA POR CIMA DE MIM, NAS MINHAS COSTAS, COM O PAU DENTRO DE MIM, RESPIRANDO NO MEU PESCOÇO. AQUILO ME DAVA ARREPIOS.ELE FUNGAVA,PARECIA UM BOI,OU QUALQUER ANIMAL QUE URRA,ENQUANTO EU CHEIRAVA SUA CUECA USADA ELE COMEÇOU A LAMBER E MORDER MEU PESCOÇO. MORDIA MINHA ORELHA.EU ESTAVA NO PARAÍSO.OS BRAÇOS DELE ME ENVOLVIAM,O TORÁX DELE SOBRE MINHAS COSTAS E SEUS BRAÇOS PASSANDO POR DEBAIXO DOS MEUS PEITOS.ELE TRAVOU SUAS PERNAS NA MINHAS.AS PERNAS ESTAVAM SUADAS E UM POUCO MOLHADAS AINDA DO LÍQÜIDO QUE DERRAMEI NELAS.EU ESTAVA IMOBILIZADO,POSSUÍDO.SÓ MEUS BRAÇOS E MÃOS QUE ELE NÃO PRENDEU,MAS EU NÃO PODIA ME MEXER SE ELE NÃO QUISESSE.EU ERA DELE.ELE PODIA FAZER O QUE QUISESSE COMIGO.ESTAVÁMOS COM A RESPIRAÇÃO OFEGANTE.EU QUASE PERDENDO O FÔLEGO.ELE FALAVA SACANAGEM NO MEU OUVIDO:
-VIADO, GOSTOSO, EU VOU TE COMER DE NOVO. E ME MORDIA.
DEPOIS ELE COMEÇOU A BOMBAR. MEU COÇAVA DE TANTO TESÃO.
ELE MEXIA E REMEXIA. EU SÓ REBOLAVA E SENTIA PRAZER NAQUELE VAI E VEM GOSTOSO QUE ELE PROPORCIONAVA. SENTI A AQUELE PAU ENORME,GROSSO E CABEÇUDO DENTRO DE MIM PARECIA UM TREM,UM METRÔ OU UM ÔNIBUS BIARTICULADO DENTRO DE UM TÚNEL.ELE NEM SABIA O QUE ERAM ESTAS COISAS,PODIA JÁ TER VISTO NA TELEVISÃO,MAS PESSOALMENTE AINDA NÃO.DEPOIS ELE TIRAVA E COLOCAVA O PINTO DE DENTRO DE MIM.MAS DEPOIS METEU DE NOVO E COM TODA SUA FORÇA BOMBOU ATÉ O FIM:
-AI, NÃO AGUENTO MAIS. VOU GOZAR.E GOZOU UM RIO DE ESPERMA.DEU UM GEMIDO TÃO ALTO QUE QUASE ME ENSURDECEU.
EU TAMBÉM GOZEI INSTANTES DEPOIS.
NA MINHA BUNDA, COXAS E PERNAS ESCORREU AQUELE LEITE QUE ELE SOLTOU. NA CAMA ESCORREU O MEU LÍQUIDO.FICAMOS PARADOS UM TEMPO.ELE COM O PAU AINDA MEIO DURO DENTRO DE MIM.O QUARTO SÓ CHEIRAVA PORRA.CHEIRO DE SEXO ENTRE DOIS MACHOS.
DEPOIS ELE TIROU O PAU PRA FORA E FICAMOS NOS ACARICIANDO, SEM FALAR NADA. APENAS GESTOS.
DEPOIS ELE ME DISSE, SEM NENHUM PUDOR:
-PRIMO, EU TE AMO. E ME DEU OUTRO BEIJO NA BOCA.
FICAMOS EM SILÊNCIO POR UM TEMPO SEM DIZER NADA NEM FAZER GESTOS OU CARICIAS UM NO OUTRO. DEITADOS LADO A LADO FICAMOS DE BARRIGA PARA CIMA OLHANDO PARA AS TELHAS DE BARRO DA CASA,ESCUTANDO O BARULHINHO DA CHUVA CAINDO NO TELHADO.
DEPOIS MEU PRIMO DISSE:
-VAMOS TOMAR BANHO?
-VAMOS, EU DISSE.
NOS LEVANTAMOS E FOMOS PARA O BANHO, MAS NÃO NO RIO DESTA VEZ, PORQUE CHOVIA. EM CASA MESMO,NO BANHEIRO.TOMAMOS BANHO JUNTOS,PASSAMOS SABÃO UM NO OUTRO E NOS SECAMOS.O PAU DELE FICOU MENOR,NEM PARECIA AQUELA COBRA FAMINTA DE ANTES,MAS CONTINUAVA GRANDE,REPOUSADO.O MEU ESTAVA ARREGAÇADO.SENTIA ARDER.PERCEBI QUE SANGROU UM POUCO,MAS NÃO FOI GRAVE.DEPOIS MEU PRIMO ME PASSOU UMA POMADA CICATRIZANTE.FICAMOS SÉRIOS.
TERMINADO O BANHO VOLTAMOS PARA O QUARTO. NOS TROCAMOS DE ROUPA E ELE FOI PREPARAR O ALMOÇO.
ALMOÇAMOS E FOMOS DEITAR NOVAMENTE, DESCANSAR. MAS DESTA VEZ DEITAMOS NA MESMA CAMA,DEPOIS QUE ELE TROCOU O LENÇOL.MESMO ASSIM OS NOSSOS ESPERMAS PASSOU PARA O COLCHÃO.ELE MUITO SAFADO SÓ FEZ COLOCAR UM PERFUME E VIRAR O COLCHÃO DE LADO.
E FOI ASSIM O RESTO DAS MINHAS FÉRIAS NA CASA DO MEU PRIMO: DEITÁVAMOS NA MESMA CAMA.E ELE ME COMIA TODOS OS DIAS,ATÉ MAIS DE UMA VEZ POR DIA,QUISESSE EU OU NÃO.
O FATO É QUE EU JÁ ESTAVA APAIXONADO PELO MEU PRIMO. NÃO SEI SE ELE SENTIA O MESMO POR MIM,MAS EU NÃO OUSAVA PERGUNTAR.ELE ERA MAIS GROSSO QUE EU.SÓ FALAVA DE SEXO,DE PUTARIA,DE SACANAGEM.NÃO DEMONSTRAVA ESTAR APAIXONADO.TALVEZ ELE ACHASSE VIADAGEM FALAR DE AMOR,PAIXÃO,SEI LÁ,MAS PELO MENOS FAZIA SEXO COMIGO,ME BEIJAVA,ME ACARICIAVA NA HORA DA TRANSA.
EU JÁ PENSAVA NA HORA DE VOLTAR. IA SENTIR MUITA FALTA DELE.MAS AGORA SÓ PENSAVA EM APROVEITAR AS MINHAS FÉRIAS O MÁXIMO POSSÍVEL AO LADO DELE.SEM NINGUÉM PERCEBER NOSSAS INTENÇÕES,CLARO.SEMPRE DEITADO DO LADINHO DELE,NAQUELA CAMA DE SOLTEIRO APERTADA,ABRAÇADO E AGARRADO A ELE ,SENTINDO O CALOR DELE,COM A PORTA SEMPRE TRANCADA,CLARO.

*ESPERO QUE OS LEITORES TENHAM GOSTADO DO CONTO, MAS SE NÃO GOSTARAM ACEITO CRÍTICAS CONSTRUTIVAS. AINDA NÃO SEI SE VOU CONTINUAR ESTA HISTÓRIA, MAS SE QUISEREM EU CONTINUO. SÓ PEÇO PACIÊNCIA, PORQUE NÃO É FÁCIL ESCREVER, MESMO QUE SEJA CONTO ERÓTICO. AGRADEÇO A COMPREENSÃO E COMENTEM SE PUDER.

15 comentários:

Anônimo disse...

que bom que voltou . conto bom como sempre ! ja to esperando por mais , hehehe ... abraco

somente para machos disse...

OBRIGADO ANÔNIMO.CONTINUE VISITANDO O BLOG.ASSIM QUE EU PUDER VOU POSTAR NOVOS CONTOS.

Mister Man disse...

Prezado amigo,
Eu poderia resumir minha visita a algumas palavras de gratidão por você ter mencionado espontaneamente meu blog no seu. No entanto, não vou me conter. Eu adoro contos eróticos e o seu blog está bom demais. Preciso lhe dar os parabéns.
Eu mantenho o Mister Man Club há um ano e três meses. Ao contrário do que muita gente pensa, nós sabemos o quão difícil é manter um blog no ar, criando, postando e recebendo críticas e elogios. Sabemos também que é muito prazeroso e um dos maiores prazeres e obter o reconhecimento de pessoas que jamais vimos. Também por este motivo, eu gostaria de lhe parabenizar e dizer que vou ficar no meu canto torcendo para que você continue exercendo plenamente sua liberdade de expressão e que faça muito sucesso.
Um grande e fraterno abraço e muito obrigado por tudo.
Mister Man

Mister Man disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...

hey , quero mais contos !! e sexy's como esse do primo , hehehe ... Para falar a verdade , o mais excitante foi aquele que eles estao perto do rio , que ele mija no outro , vc escreve muito bem . to esperando , hem ?

somente para machos disse...

OBRIGADO AO ANÔNIMO PELO COMENTÁRIO ANTERIOR.OBRIGADO POR COLOCAR SUA PREFERÊNCIA,OU SEJA,O CONTO QUE VOCÊ MAIS GOSTOU.FICO FELIZ POR TER APROVEITADO ESTE ESPAÇO PARA OPINAR.VOU CONTINUAR ESCREVENDO,MAS PEÇO PACIÊNCIA PARA OS LEITORES,PORQUE NÃO É TÃO FÁCIL ESCREVER UM CONTO.EXIJE TEMPO E INSPIRAÇÃO.MAS VOU FAZER O POSSÍVEL PARA NÃO DEMORAR MUITO TEMPO.OBRIGADO E CONTINUEM VISITANDO O BLOG.

Anônimo disse...

hey, quero mais contos .... heehehe

somente para machos disse...

CAROS LEITORES,PEÇO MAIS UM POUCO DE PACIÊNCIA PARA POSTAR NOVOS CONTOS,POIS ISSO EXIGE TEMPO E INSPIRAÇÃO.VOU TENTAR POSTAR UM NOVO CONTO O MAIS BREVE POSSÍVEL, MAS NÃO QUERO COLOCAR QUALQUER COISA.PORTANTO,CONTINUEM VISITANDO O BLOG QUE EM BREVE HAVERÁ UM NOVO CONTO.OBRIGADO A TODOS QUE VISITARAM O BLOG.UM ABRAÇO.

Mister Man disse...

Amigo,
Não vejo a hora do novo conto. Não vou cobrar porque sei que a pressão não ajuda muito nessas horas. Mas lembre-se de nós, ok? (risos)
Um abraço enorme, meu velho.
Mister man

Anônimo disse...

Então,cara:-adorei teus contos -os dois- fiquei de pau duraço com o primeiro conto,a ponto de ligar para um amigo que não via há uns 3 meses, convidá-lo para vir aqui em casa e a gente meter -delícia! Vc nos inspirou!!! Tendo um tempinho vá até meu blog e de uma olhada (e uma lida,claro)! Depois deixa tua opinião, falow? Um beijão! (meu blog:-http.pp.brizzi.zip.net - meu e-mail e msn:-pierbrizzi@hotmail.com/)

somente para machos disse...

OBRIGADO AO ANÔNIMO QUE COMENTOU NO DIA 29/11.FICO SATISFEITO EM SABER QUE GOSTOU DO CONTO E QUE TE INSPIROU.ISSO ME DÁ MOTIVAÇÃO PARA CONTINUAR ESCREVENDO.E VOU SIM VISITAR SEU BLOG.UM ABRAÇO.

Mister Man disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Da Vinci disse...

Cara, gostei dos contos. Mas acho que o fator violência pode ser maneirado. Acho que esses quatro contos já deram no que tinham que dar.
Parta para outro com toques de sentimentos mais aguçados. Claro que não deve ser aquela coisa mamão com açúcar, mas sentimento aliado ao sexo sempre é melhor. Não acha?
Abração...

Mister Man disse...

Amigo,
passei para desejar um feliz natal.
Um abraço enorme e muitas felicidades,
Mister Man

Keepgoing disse...

po, desistiu do blog ? foram um dos melhores contos que ja li.. please, continue, hehehe..e mantenha o estilo mais agressivo sim, e bem mais seu estilo!! valeu